Assassinato de Marielle Franco: PF investiga dois mandantes

Delação de Ronnie Lessa, acusado de disparar contra Marielle, apontaria mais de um nome/ Raphael…

26 de janeiro de 2024 às 15h06m

Delação de Ronnie Lessa, acusado de disparar contra Marielle, apontaria mais de um nome/ Raphael Veleda – Metrópoles

Foto: Divulgação

As investigações da Polícia Federal sobre o assassinato da então vereadora no Rio Marielle Franco e de seu motorista, Anderson Gomes, apontam para a existência de mais de um mandante para o crime. As informações foram publicadas pelo jornal O Globo, com base em fontes ligadas ao inquérito. Marielle e Anderson foram mortos em 2018, e as investigações se desenrolam desde então. A PF entrou no caso no início do ano passado.

A PF já fechou delação com Elcio Queiroz, que assumiu ter dirigido o carro para o ex-PM Ronnie Lessa executar o crime, e aguarda homologação de outra delação, agora com Lessa, que estaria apontando os mandantes.

Leia mais em Metrópoles