Jovem de 19 anos é estuprada por dois rapazes em Rebouças

Homens que cometeram o crime fugiram e não foram localizados Foto: PM/Divulgação Uma jovem, de…

05 de outubro de 2022 às 18h20m

Homens que cometeram o crime fugiram e não foram localizados

Foto: PM/Divulgação

Uma jovem, de 19 anos, foi estuprada por dois rapazes em Rebouças. A vítima procurou a sede da Defesa Civil Municipal para informar a situação no início da madrugada de hoje, 5, por volta da meia-noite. Naquele momento, ela disse que havia sido violentada algumas horas antes. 

A jovem relatou que mora no interior de Rebouças e que durante o dia esteve na área urbana para realizar exames médicos. Ela foi abordada por dois homens quando estava em um ponto de ônibus na Vila Ester. A jovem estava aguardando um familiar que ia até o local para buscá-la. A vítima afirmou que as características dos jovens indicavam que eles têm aproximadamente 20 anos. 

Os homens seguraram os braços da vítima e a conduziram até uma região de mata. Lá, os homens estupraram a jovem. Depois disso, eles deixaram o local e não foram encontrados. A vítima relatou que ficou com vergonha de contar o que havia ocorrido aos familiares e depois de um tempo foi em direção ao centro da cidade. Ela chegou na sede da Defesa Civil para pedir ajuda. A Polícia Militar foi acionada e encaminhou a jovem para o hospital Dona Darcy Vargas, em Rebouças.

 Quer receber conteúdo local da Najuá? Confira a descrição do grupo

Homem agride esposa com socos e joelhadas: Em outra ocorrência registrada na noite de ontem em Rebouças, um homem agrediu a esposa com socos e joelhadas. A mãe da vítima, que mora em uma residência ao lado, entrou em contato com a PM e relatou que as discussões entre o casal são frequentes. 

Aos policiais, a vítima disse que discutiu com o marido após ele chegar em casa embriagado. Neste momento, o homem agrediu a esposa e saiu do local. A PM realizou patrulhamentos, mas não encontrou o agressor. A vítima foi orientada a dar continuidade no Boletim de Ocorrência e solicitar as medidas protetivas de urgência estabelecidas na lei Maria da Penha.