Homem agride filha e genro com golpes de facão

Agressor fugiu e não foi encontrado pela PM. Vítimas receberam atendimento no hospital Imagem aérea…

26 de setembro de 2022 às 00h04m

Agressor fugiu e não foi encontrado pela PM. Vítimas receberam atendimento no hospital

Imagem aérea do centro de Prudentópolis. Foto: Prefeitura de Prudentópolis/Facebook

Um homem agrediu a filha e o genro em Guamiranga. As vítimas estavam deitadas na cama no momento que o agressor entrou no local e atingiu um golpe de facão em seu genro, que sofreu um corte na perna direita. O homem também feriu a mão direita da filha. Depois disso, ele deixou o local. 

O casal recebeu atendimento da equipe do SAMU de Prudentópolis. Em seguida, eles foram levados para o hospital Sagrado Coração de Jesus, em Prudentópolis, onde receberam atendimento médico e permaneceram em observação. As vítimas afirmaram que convivem juntos há cerca de cinco anos. Porém, o sogro não aceita o relacionamento. O casal procurou a Polícia Militar de Prudentópolis para registrar à ocorrência. 

Na rua Prefeito Antônio Witchemichen, no centro de Prudentópolis, uma mulher foi agredida na manhã de domingo, 25. A vítima informou que está em processo de separação e que as duas filhas iam passar o fim de semana com o pai. No entanto, ele pediu para a ex-mulher ficar com as crianças, pois teria que se deslocar até a cidade de Ponta Grossa. 

 Quer receber conteúdo local da Najuá? Confira a descrição do grupo

De acordo com a PM, o homem xingou a ex-mulher no momento que foi até a residência dela para deixar as crianças. Ele chegou a dizer que a ex-mulher havia tirado fotos sem roupa e espalhado pela cidade. Logo depois, a atual mulher dele passou a agredir a vítima derrubando-a no chão e atingindo chutes. Em seguida, a agressora e o ex-marido da vítima deixaram o local. A mulher agredida apresentava ferimentos no rosto e foi orientada sobre as medidas que podem ser tomadas. 

Na localidade de Marrecas de Baixo, uma mulher informou que estava sendo agredida e ameaçada de morte pelo marido há pelo menos dois dias. Na manhã de domingo, 25, ela foi agredida novamente e expulsa da casa. Depois disso, ela foi até a residência do seu filho e aguardou a chegada da PM. A vítima relatou que estava com dores e lesões nas coxas, barriga, braço e cabeça. A mulher disse que foi agredida pelo marido, que utilizou um pedaço de madeira para atingi-la. 

A PM foi até a residência do casal e localizou o agressor, que estava com sinais de embriaguez. Ele desobedeceu às ordens dos policiais e resistiu à abordagem. O homem chegou a dar chutes e mordidas nos policiais, que conseguiram imobilizá-lo. Mesmo algemado, ele ainda tentou pegar um pedaço de madeira para agredir os policiais. O agressor e a vítima foram levados para o Pronto Atendimento Municipal, onde realizaram o laudo de lesões corporais. Depois disso, eles foram conduzidos para a Delegacia. 

Também em Prudentópolis, dois homens com mandados de prisão foram detidos. Na manhã de quinta-feira, 22, a Polícia Militar abordou alguns homens que estavam reunidos na praça em frente ao Fórum da cidade. Um dos abordados possuía um mandado de prisão pelo artigo 147 do Código Penal (ameaça). Ele foi detido e conduzido para a Delegacia de Prudentópolis. 

Um outro homem foi preso na localidade de Perobas, na manhã de sexta-feira, 23. Ele também tinha um mandado de prisão em aberto por ameaça e foi levado para a carceragem da Delegacia. 

Em outra ocorrência, uma mulher relatou que foi agredida pelo marido. O agressor foi localizado e apresentava sinais de embriaguez, como odor etílico, fala enrolada e andar cambaleante. O homem resistiu à abordagem e precisou ser algemado e colocado no compartimento fechado da viatura. A vítima disse que o marido havia bebido e atingiu dois socos em seu tórax. O homem ainda teria dito que vai matar a esposa quando retornar para a casa. Por isso, a mulher solicitou o seu afastamento da residência. O autor das agressões foi levado para a Delegacia. 

Ainda em Prudentópolis, um homem relatou que seu veículo foi atingido na parte traseira no momento que estava estacionado em um supermercado. O proprietário deixou o carro no estacionamento enquanto estava realizando compras. 

Uma outra mulher foi ameaçada pelo marido no centro de Prudentópolis, na noite de sexta-feira, 23. A moradora relatou que é ameaçada com frequência e que já tinha sido agredida em outras situações, que geraram registros de boletins de ocorrência. Em virtude do fato, ela solicitava algumas medidas protetivas e que o homem deixasse a residência. O pedido foi acatado pelo homem. 

A PM também apreendeu um veículo na noite de sexta-feira, 23. Os policiais verificaram que o carro apresentava barulho excessivo no escapamento. Além disso, o condutor estava desligando o veículo quando parava nas esquinas. Ele foi abordado na esquina da rua Coronel João Pedro Martins. Foi constatado que ele não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou Permissão Para Dirigir (PPD). O carro ainda tinha pendências na documentação. Sendo assim, ele foi recolhido ao pátio da PM. 

Este site usa cookies para proporcionar a você a melhor experiência possível. Esses cookies são utilizados para análise e aprimoramento contínuo. Clique em "Entendi e aceito" se concorda com nossos termos.