Derbli solicita apoio do governo estadual para instalação de empresa na região

Pedido foi feito durante reunião dos prefeitos com o secretário de Estado da Indústria, Comércio…

26 de janeiro de 2024 às 11h48m

Pedido foi feito durante reunião dos prefeitos com o secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços, Ricardo Barros, realizada ontem, 25, na sede da AMCESPAR/Paulo Sava

Secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços, Ricardo Barros, se reuniu com prefeitos da AMCESPAR nesta quinta-feira, 25. Foto: Paulo Sava

O prefeito de Irati e presidente da Associação dos Municípios do Centro-Sul do Paraná (Amcespar), Jorge Derbli, solicitou ao secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços, Ricardo Barros, apoio para instalação de uma empresa em um dos municípios da região.

O pedido foi feito durante reunião com os prefeitos da região na sede da entidade na manhã desta quinta-feira, 25. “Nós reivindicamos pela AMCESPAR para instalação em qualquer município novas indústrias que venham para nos atender, independentemente de ser no município A ou B. Nós queremos um desenvolvimento regional, este é o contexto e a vontade de todos os prefeitos. Ele (Ricardo Barros) nos deu uma aula de administração, pois já foi prefeito de Maringá, deputado, ministro. Foram duas horas de uma palestra muito produtiva”, frisou.

Prefeito Jorge Derbli solicitou apoio do Governo do Estado para instalação de uma indústria na região da Amcespar. Foto: Paulo Sava

Na oportunidade, Barros anunciou que o governo do Estado pretende construir 100 barracões industriais em 80 municípios com menor índice de desenvolvimento no estado. O secretário deve visitar novamente a região em breve, junto com representantes da Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (OCEPAR), do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (SEBRAE) e da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP) para analisar a viabilidade do projeto na região.

“Faremos aqui um debate sobre qual seria a iniciativa que poderia realmente viabilizar a implantação deste grande investimento. Temos que criar aqui um núcleo local que tenha capacidade de suportar o investimento para que a decisão seja de que ele seja feito aqui. Quando o Paraná disputa grandes investimentos, é com outros estados. Então, não temos a capacidade de direcionar o investimento para a região do Paraná que nós queremos, pois, se não, o empresário vai para outro estado que o deixa ir para onde quer. É um problema que surge com frequência, mas eu estou comprometido e virei aqui para uma reunião de trabalho com o objetivo de definir como atrair uma grande empresa para a região da AMCESPAR”, comentou.

Quer receber notícias pelo WhatsApp?

Secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços, Ricardo Barros. Foto: Paulo Sava

Força política – Para o secretário, a região precisa de mais força política para atrair novas indústrias, uma vez que já dispõe de infraestrutura para a instalação de novos empreendimentos. “A região tem infraestrutura logística, a rodovia está passando aqui, e tem mão-de-obra qualificada. Nós precisamos da decisão do empreendedor, e ela vai ser criada na medida em que o empreendedor tenha vínculo com a cidade, e é isto que nós vamos construir”, pontuou.

Um dos objetivos dos prefeitos é de buscar junto ao Governo do Estado um apoio para a industrialização dos pequenos municípios, segundo a prefeita de Fernandes Pinheiro, Cleonice Schuck (PSD). “A presença do secretário conosco aqui hoje, se propondo a trabalhar, trazer alternativas e a nos auxiliar na industrialização, seja da agricultura ou da parte empresarial, faz com que as nossas esperanças e o nosso foco de luz se ampliem para o desenvolvimento da região da AMCESPAR, com a geração de empregos e impostos. Consequentemente, haverá a estruturação do desenvolvimento econômico da nossa região, que é o que almejamos e é para isto que estamos trabalhando muito fortemente, com os 10 prefeitos unidos buscando alternativas que venham para efetivamente concluir este desenvolvimento tão sonhado pela nossa população da região e pelos prefeitos que aqui estão. Estamos mais fortalecidos com a presença e o apoio do secretário e este olhar sensível do nosso governador. Temos certeza de que estamos no caminho certo”, frisou.

Aeródromo – Sobre a questão da infraestrutura, Cleonice comentou que o projeto do aeródromo regional, que será construído na pista da Fazenda Xanadú, já está na Secretaria de Estado da Infraestrutura e Logística (SEIL) para análise.

“Nós estamos aguardando para os próximos dias o parecer, as alternativas de alteração que tenham que ser feitas ou a aprovação do anteprojeto. Estamos muito confiantes e, assim que esteja devidamente analisado pela SEIL, nós estaremos o entregando nas mãos do governador. Tenho certeza que será um grande passo para este desenvolvimento que estamos buscando e o fortalecimento deste trabalho que o secretário Ricardo Barros vem se propor a fazer aqui junto com os prefeitos para desenvolver a região da AMCESPAR”, destacou.

Crescimento do PIB paranaense – Ainda durante o encontro com os prefeitos, Barros apresentou alguns números referentes ao crescimento econômico do Paraná em 2023. O Produto Interno Bruto (PIB) do estado cresceu 8,49%, acima da média nacional de 2,92%, divulgada no começo de janeiro pelo Boletim Focus.

“O Paraná cresce muito acima da média nacional, vive um grande momento. Estamos conseguindo, efetivamente, fazer com que o Estado seja escolhido por muitos empreendedores pela sua localização, e vamos continuar neste caminho. O objetivo é, cada vez mais, o Paraná, quando comparado a outros estados, tenha a melhor localização. É um conjunto de licenciamento ambiental, infraestrutura, logística, porto, aeroportos, rodovias, mão-de-obra qualificada, que é o que o empreendedor precisa para tomar a decisão de investir”, finalizou.